Pages

Lar doce lar


imagem retirada da internet

Você já imaginou colocar uma placa de lar doce lar e ficou imaginando ali sua moradia perfeita? Como seria essa moradia? Uma casa muito bem localizada, em um bairro pacífico e aconchegante de se viver. Uma casa muito bem planejada e com uma decoração acolhedora, mas, que ao mesmo tempo que fosse prática e moderna, fosse também emoldurada de suas lembranças e vivências. Você pode até imaginar a cor das paredes, os tapetes e o estofado. A cozinha dos sonhos onde pudesse preparar uma refeição para reunir todos os amigos e ali curtir um delicioso bate papo. O quarto com aquela cama maravilhosa, bem arrumada com lençóis super macios e travesseiros perfeitamente colocados. Uma linda varanda para ver o dia amanhecer e também observar uma bela noite de luar. Enfim, cada um deve ter imaginado a sua casa dos sonhos... cada um tem os seus ideais e os seus planos.

Mas, eu não falo desse lar doce lar físico e sim do nosso próprio corpo. Esse é o verdadeiro lar doce lar de cada um. Certa vez eu mesma disse uma frase e que hoje me fez refletir sobre isso que escrevo: "Temos pena de jogar algum alimento que sobrou no lixo, mas não temos pena de ingeri-lo mesmo quando não temos a menor vontade de comê-lo".


imagem retirada da internet

Quem nunca ouviu alguma coisa semelhante a isso: "Come senão vai acabar sobrando e indo parar no lixo". Não quero dizer que devemos jogar comida no lixo. Devemos valorizar os alimentos, afinal, quantas pessoas nem sequer tem o que comer. Mas não temos pena de mandar garganta abaixo aquilo que não queremos e não precisamos mais no momento. Acho que devemos valorizar um pouco mais esse nosso lar chamado corpo. Também não estou aqui fazendo um culto ao corpo perfeito, com medidas padrões e pré estabelecidas. O que quero dizer com corpo perfeito é um corpo saudável e que te faça sentir bem.

Por isso, resolvi chamá-lo de lar doce lar. Esse lar de cada um deve ser do tamanho que necessita, decorado como você queira e ter a sua identidade para que você sinta-se bem dentro dele. Ele não deve ser maior nem menor do que seus sonhos. Ele não precisa ter aquela medida que estava na revista mas que você acha que não tem nada a ver com você. Ele precisa ter a medida que você quer. Ser decorado e aconchegante para você sentir-se bem em primeiro lugar pois aí, tenha certeza, todos aqueles que te visitarem poderão sentir essa harmonia que você instalou dentro do seu lar doce lar.


imagem retirada da internet

Eu resolvi reorganizar meu lar doce lar e quero que todos possam acompanhar essa reforma e que em breve (não tenho pretensão de determinar datas), quero poder convidar os amigos para a inauguração de um lar mais feliz, mais harmônico e que eu consiga espalhar a minha felicidade para todos aqueles que compartilharem essa reforma comigo.

Que cada um seja feliz com o seu lar e se por acaso, seu lar não estiver te agradando muito, não tenha receio: troque o sofá de lugar, pinte uma parede, traga um vaso de flores para a sua janela e deixe o sol entrar e iluminar sua vida, aquecendo seu coração e alegrando quem estiver no seu caminho.

Seja feliz em seu lar doce lar.

2 comentários:

Glauco disse...

Amada esposa,
Boa tarde.
Como um amigo meu diz, podemos economizar dinheiro com muitas coisas, mas não devemos pensar em economizar quando se trata daquilo que iremos nos alimentar, pois afinal se trata de cuidarmos de nossa saúde, de nosso corpo, ou seja, de nós mesmos...
E, da mesma forma, não precisamos exagerar naquilo que nos alimenta, para estarmos saciados...
Adorei o texto, e sem dúvida estarei sempre ao seu lado nessa busca pelo equilibrio.
Te amo muito.
Abs.,

Glauco

Van disse...

Olá Luciana,

adorei este seu texto, a abordagem que você deu ao cuidado que devemos ter com a "nossa casa", sua motivação e consciência são motivadoras, com certeza seu projeto de reforma será um sucesso, quero ser convidada para a inauguração, virei para a festa.

Beijos

Postar um comentário